Caminhoneiros fazem protesto pelo Brasil; Pará tem pontos com manifestação

Manifestações começaram na noite deste domingo (30)

O Liberal
fonte

Desde a noite deste domingo (30), caminhoneiros realizam protesto em várias partes do país, com o bloqueio de alguns trechos de estradas em diferentes estados. As manifestações começaram poucas horas após o resultado das eleições para Presidência da República, mas continuam em alguns locais na manhã desta segunda-feira (31).

VEJA MAIS

image Pagamento de auxílio para caminhoneiros e taxistas será adiantado; confira as datas
Governo também prevê pagar parcela extra para taxistas

image Eleições 2022: Pesquisas erraram resultados das urnas também no segundo turno
De 8 institutos, apenas 2 chegaram bem próximo do resultado oficial

image Eleitores de Lula comemoram a vitória na Doca de Souza Franco
Multidão tomou os dois lados e as transversais da avenida com bandeiras, faixas, música e descontração

No Pará, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), atualizadas às 9h15 desta segunda-feira, há protestos em cinco pontos de rodovias federais.

Saiba como estão os locais no Pará

  • BR-010: km 14, Dom Eliseu - Qtd manifestantes: 50 (Interdição total)
  • BR-010: km 166, Paragominas - Qtd manifestantes: 20 (Aglomeração de pessoas / não impede a passagem de veículos)
  • BR-163: km 310, Novo Progresso - Qtd manifestantes: 400 (Aguardando informações)
  • BR -163: km 986, Santarém - Qtd manifestantes: 200 (Interdição parcial / Liberado para veículos de emergência e polícia)
  • BR -163: km 575, Trairão (Interdição total)

A PRF informou que está presente nestes locais para monitorar a manifestação, proteger a vida, negociar e garantir a mobilidade nas rodovias.

Pelo Brasil

Manifestantes também fecharam os dois sentidos da Via Dutra, a principal ligação rodoviária entre os estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Foram confirmados ainda manifestações em pelo menos outros três estados: Mato Grosso, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA