Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Três garimpos são fechados pela Polícia Federal em terra indígena do Pará

Ação "Sonho Distante" ocorreu dentro da força-tarefa da operação "Guardiões do Bioma", em São Félix do Xingu, dentro do território da etnia Kayapó

Victor Furtado

Três garimpos foram fechados pela força-tarefa Guardiões do Bioma, em São Félix do Xingu, sudeste do Pará. A operação "Sonho Distante" envolveu a Polícia Federal, Funai, Ibama Força Nacional. A exploração ilegal de minérios estava ocorrendo dentro da Terra Indígena Kayapó. Havia risco de confronto entre os garimpeiros e indígenas.

Além de desarticular os garimpos, foram inutilizadas três escavadeiras hidráulicas e vários outros equipamentos, além da apreensão de documentos e de mercúrio, metal líquido altamente poluente. Os acampamentos foram desmobilizados. Não houve prisões, mas as investigações agora seguem para responsabilizar indivíduos.

"A atividade minerária ilegal representa risco à saúde dos trabalhadores pelo uso indiscriminado de mercúrio, polui leitos de rios e causa danos irreparáveis à fauna e flora do local atingido. O dano ambiental será quantificado, posteriormente, pela Perícia da Polícia Federal, para fins de ressarcimento por parte dos infratores. Caso confirmadas as hipóteses criminais os infratores poderão responder pelos delitos previstos no art. 2º, caput, da Lei nº 8.176/91 e art. 55 e 56 da Lei nº 9.605/98", informou a PF por nota.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA