Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Suspeitos de espancar mulher no Tapanã morrem em confronto com policiais

Total de 5 homens teriam agredido à vítima nest quarta-feira (20)

O Liberal

Dois suspeitos de espancar uma mulher no bairro do Tapanã, em Belém, morreram na tarde desta quarta-feira (20) durante um confronto com policiais militares, segundo informou a PM. Desde que as imagens da agressão à vítima passaram a circular em aplicativos de mensagens, a Polícia Civil também tomou conhecimento e passou a investigar o crime.

Nesta quarta-feira, policiais civis e militares fizeram buscas no bairro do Tapanã, principalmente nas áreas próximas a um lixão, onde a agressão ocorreu.

VEJA MAIS

Polícia investiga caso de mulher agredida a pauladas no bairro do Tapanã, em Belém
Vídeo compartilhados nas redes sociais mostram pelo menos três homens participando da agressão contra a vítima. Os suspeitos de ataquem a mulher seriam integrantes de facção criminosa

Na tarde desta quarta-feira (20), uma guarnição do 24 Batalhão da Polícia Mlitar trocou tiros com suspeitos de envolvimento no crime e alvejou três deles. Todos foram levados para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas dois deles morreram. O terceiro foi atendido na Unidade de Saúde do Tapanã.

A PM informou, ainda, que os homens portavam armas e uma certa quantidade de drogas, cuja quantidade não foi divulgada, até então. Conforme os policiais, as diligências terão sequência no bairro do Tapanã e bairros próximos para capturar outros envolvidos no crime contra a mulher. 

Crime foi registrado em vídeo

O espancamento da mulher foi filmado. O registro mostra que ela foi agredida com pedaços de madeira por um grupo de cinco homens. 

As suspeitas da polícia para o crime de lesão corporal grave e tentativa de homicídio apontam para desentendimentos no âmbito do  tráfico de drogas. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA