Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Suspeito de assalto a mão armada é preso em Santarém

Janderson teria assaltado uma loja no bairro Liberdade; outro suspeito continua foragido.

Andria Almeida/ O Liberal

Foi preso no final da manhã desta quarta-feira (26), Janderson Azevedo, um dos suspeitos de assaltar uma loja em Santarém, oeste do Pará. O crime aconteceu na tarde de terça-feira, no bairro Liberdade, onde dois assaltantes renderam uma mulher e roubaram alguns objetos pessoais no valor de 20 mil reais. A ação para deflagrar a prisão ocorreu de forma conjunta entre as polícias Civil e Militar. 

Janderson estava na casa onde mora no bairro Uruará, no local, foram encontradas duas armas de fogo e munição. A polícia segue em busca do outro suspeito de participação no crime. 

O assalto foi registrado pelo circuito de segurança da loja de confecções. A proprietária foi rendida pelos dois assaltantes armados que levaram cerca de 20 mil reais em jóias e celulares.   

Ação dos criminosos

Nas imagens do circuito interno, é possível ver o momento que um dos assaltantes, que estava segurando uma arma, puxa pelo braço da proprietária da loja para que ela abrisse a porta com objetivo de liberar a entrada do outro comparsa. Um deles faz a mulher se ajoelhar para tirar um cordão de ouro do pescoço, um deles puxou o cordão que arrebentou e em seguida os três se direcionam para uma porta nos fundos da loja. 

Toda gravação que circula nas redes sociais tem o áudio onde a vítima narra alguns trechos do assalto. “Ele perguntou quem estava lá atrás e eu disse que era meu marido. Não passava ninguém na rua”, contou a vítima.
 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA