Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Soldado do Exército envolvido em morte de ex-agente penitenciário é preso

Investigações apontam que acusado cumpriu ordem de facção criminosa da qual ele seria membro

Redação Integrada

O soldado do Exército, Andre Luiz Cravo Bresson, foi preso nesta quinta-feira (25), suspeito de participar do assassinato de um ex-agente prisional em 14 de janeiro. A prisão preventiva foi cumprida por policiais civis da Seccional de Santa Izabel do Pará, na Região Metropolitana de Belém. Em nota, o Comando Militar do Norte (CMN) informou que o militar está detido na unidade policial do Exército em Belém e à disposição dos órgãos de segurança pública competentes e responsáveis pelo caso.

"A investigação está sob responsabilidade da Polícia Civil. Desde já, o Comando Militar do Norte (CMN) afirma que repudia qualquer tipo de violência, em especial contra agentes prisionais, que diariamente colocam suas vidas e de seus familiares em risco para proteger a sociedade e presta todas as informações necessárias para solução do caso", diz um trecho da nota enviada à Redaçao Integrada do Grupo Liberal.

De acordo com a Polícia Civil do Pará, as investigações comprovaram a autoria do crime. As investigações apontam que o soldado teria cumprido uma determinação para matar agentes de segurança pública, vinda de uma facção criminosa da qual ele seria membro. 

A Polícia Civil não informou o nome da organização criminosa, mas comunicou que a prisão preventiva do militar do Exército foi decretada após a família da vítima, cujos familiares testemunharam o crime, terem recebido ameaças de morte.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA