Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Soldado do Corpo de Bombeiros é encontrado duas horas depois de ser sequestrado

Yuri Batista foi interceptado por um veículo quando saía do serviço. Militar passa bem.

O Liberal

Pouco mais de duas horas depois de ter sido sequestrado, as forças de segurança encontraram, na noite deste domingo (5), Yuri Batista, o soldado Couto, do Corpo de Bombeiros. O jovem havia sequestrado por volta das 20h, por homens em um veículo, no momento em que saía do trabalho de Guarda Vidas, no distrito de Outeiro, em Belém. O carro em que a vítima estava foi localizado na rodovia BR-316, nas proximidades de Santa Izabel. Os criminosos fugiram.

VEJA MAIS

Bombeiro que atuou no resgate de Marília Mendonça desabafa: 'Não vai sair da cabeça' Profissional iria ao show da cantora e diz que custou a acreditar que se tratava da artista

Bombeiro civil morre em desabamento em gruta em SP; oito estão desaparecidos Acidente atingiu parte de um grupo de 28 bombeiros civis que participava de um curso de treinamento

A boa notícia foi divulgada pela namorada da vítima, Liandra Braga. "Acharam. Ele está bem. Está em estado de choque, mas está bem. Obrigado a todos que compartilharam", escreveu a jovem, em uma rede sociail, se referindo ao apelo que havia feito horas antes sobre o caso.

Ainda segundo Liandra, o soldado conseguiu fazer contato com o pai de Marituba, mas não soube relatar exatamente onde estava. Conforme o relato policial, o jovem dirigia quando foi interceptado pelos criminosos e obrigado a dirigir até Marituba, momento em que foi transferido para o porta-malas do veículo.

Segundo o tenente Abraão, do 21º Batalhão da Polícia Militar (BPM), diligências foram realizadas em toda a área de Marituba e de Benevides, na Grande Belém. Não há detalhes do ocorrido e nem do local em que o soldado foi achado.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA