Sobrinho mata tio após jogo de sinuca em Uruará

Uma discussão ocorreu após o jogo e o adolescente matou Antônio Wallace, que era proprietário do bar onde tudo ocorreu

Victor Furtado

Antônio Wallace Ribeiro, de 47 anos, foi morto a tiros pelo próprio sobrinho, em Uruará, sudoeste do Pará. Testemunhas confirmam que o adolescente foi o autor dos disparos e por um motivo muito fútil: uma briga após um jogo de sinuca, no final da noite de sábado (23). O caso ocorreu no bar da vítima, que fica na zona rural do município, no quilômetro 193 da rodovia Transamazônica (BR-230). O adolescente não foi localizado.

Pelos levantamentos das polícias Civil e Militar, após a partida de sinuca, tio e sobrinho discutiram. O adolescente, que já não deveria estar no bar por não ter 18 anos, então se revoltou e anunciou que iria matar o tio. Ninguém no estabelecimento levou a ameaça a sério. O jovem então saiu. Retornou minutos depois com a arma em punho. Atirou no peito e na cabeça do Antônio Wallace. Ninguém conseguiu ver para onde ele fugiu.

Além de localizar o adolescente, a polícia tenta encontrar explicações para outras coisas, como de quem era a arma usada na morte de Antônio e como foi obtida. Quaisquer informações que possam ajudar na localização do jovem, podem ser repassadas ao Disque-Denúncia (181). Não é preciso se identificar e a ligação é gratuita. Bares como o da vítima deveriam estar fechados por determinação do Governo do Estado, em prevenção à covid-19.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA