logo jornal amazonia

Segurança é morto a tiros em estabelecimento de Nova Esperança do Piriá na tarde deste sábado (24)

Durante a ação criminosa, a arma da vítima foi roubada

O Liberal

Deusimar Chaves de Sousa foi morto a tiros na tarde deste sábado (24), por volta das 12h30, na frente de um supermercado onde prestava serviço como segurança, em Nova Esperança do Piriá, região nordeste do Pará. Durante a ação criminosa, a arma da vítima foi roubada. De acordo com o delegado Nilton Marinho, o trabalhador foi atingido por pelo menos três disparos de arma de fogo e morreu na hora. Os tiros acertaram as costas e a cabeça do segurança. Dois suspeitos que estavam em uma motocicleta foram os autores do homicídio. Eles fugiram do local logo após a execução e ainda não foram localizados.

VEJA MAIS

Jovem é morto a tiros na porta de casa e amigo fica ferido em Abaetetuba
A vítima sobrevivente foi socorrida e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Seu estado de saúde não foi informado

Discussão por R$ 50 termina com jovem morto a tiros
Pai da vítima também foi baleado e está internado em um hospital

'Farinha', de Bragança, morre após trocar tiros com a polícia
Com o jovem foram apreendidos uma arma de fabricação caseira e entorpecentes

O delegado detalhou que um dos criminosos desceu do veículo e surpreendeu Deusimar, enquanto ele dava atenção para um vendedor de óculos que passava pela frente do supermercado. Câmeras de segurança do estabelecimento registraram o momento em que a vítima é alvejada pelas costas e cai no chão. O suspeito ainda mexe no cadáver, rouba a arma do segurança e se retira do local, juntamente com o comparsa. A Polícia Civil investiga o caso e realiza incursões na tentativa de localizar a dupla.

Para o delegado Nilton Marinho, os suspeitos foram até o supermercado determinados a matar o segurança para roubar o armamento dele. Deusimar tinha porte de arma. Atualmente, usava uma pistola Taurus 9mm.

A cidade de Nova Esperança do Piriá não dispõe de profissionais da Polícia Científica do Pará (PCP), nem tem sede do Instituto Médico Legal (IML). Por este motivo, até por volta das 15h40 deste sábado, o corpo de Deusimar permanecia no local do crime, aguardando as equipes de Castanhal, distante a mais de 210 km, para fazer o trabalho de análise e remoção do cadáver.

Em nota enviada por volta das 17h30, a Polícia Civil do Pará (PC-PA) informou que o caso de homicídio é investigado pela delegacia do município de Nova Esperança do Piriá. "A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo e teve o armamento que usava para trabalho subtraído durante a ação dos suspeitos. Perícias foram solicitadas. Imagens de câmeras de segurança estão sendo analisadas e testemunhas estão sendo ouvidas para coletar maiores informações e identificar os envolvidos no crime. Informações que auxiliem nas investigações podem ser repassadas via Disque-Denúncia, número 181. O sigilo é garantido", disse a PC.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA