Reunião trata sobre construção de nova unidade prisional em Castanhal, com 726 vagas

Seap se reuniu com representantes do município para discutir doação de terreno; Governo espera financiamento do BNDES

Redação Integrada

Após entregar, no início da semana, o Centro de Recuperação Penitenciário do Pará V (CRPP V), no Complexo Penitenciário de Americano, no município de Santa Izabel do Pará,o Governo do Estado anunciou planeja a construção de uma nova unidade prisional no município de Castanhal, também no nordeste paraense. O projeto incrementa o número de vagas carcerárias do Estado com 306 vagas masculinas e 420 femininas, e está orçado em R$ 36 milhões. 

A expectativa é que a obra comece após a liberação de financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para execução de diversas obras, que juntas irão gerar mais 2.854 vagas no sistema penitenciário. Além de gerar 726 novas vagas prisionais com a nova unidade, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) também fará uma reforma completa no Centro de Recuperação de Castanhal (CRCAST).

Para dar início às obras, os internos do CRCAST foram transferidos para o Centro de Recuperação Penitenciário do Pará V. A nova unidade cria 516 novas vagas no sistema penitenciário estadual. 

O titular da Seap, Jarbas Vasconcelos, esteve reunido, na terça-feira (28), com o deputado Hélio Leite e o prefeito de Castanhal, Pedro Coelho Filho, para tratar da regularização de uma doação, feita pela prefeitura ao Governo do Pará, da área que será utilizada para a construção da nova unidade prisional no município.

As autoridades aguardam uma reversão feita em cartório, para retornar o terreno em questão à posse do município, já que este já havia sido doado, porém as obras não chegaram a ser iniciadas.

Também participaram da reunião: o diretor de Administração Penitenciária, Ringo Alex; a diretora de Logística, Patrimônio e Infraestrutura, Kamila Costa; a coordenadora de Planejamento Estatístico e Orçamento (NPEO), Luana Wanzeler e o comandante do Comando de Operações Penitenciárias (COPE), cel. Vicente Neto.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA