Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Quatro mulheres são presas após criarem 'call center' para aplicar golpes

O 'call center do crime' tinha até música de esperava para ajudar na ação

O Liberal

Na terça-feira (14), a Polícia Civil de São Paulo prendeu quatro mulheres suspeitas de criarem um 'call center do crime' para furtar dinheiro de clientes de bancos ao redor do país. As informações são do G1 Nacional.

Segundo a investigação, as mulheres têm entre 18 e 19 anos e fingiam ser atendentes de call center de bancos. Elas ligavam para os clientes, de preferência idosos, e diziam às vítimas que compras suspeitas apareceram no sistema de monitoramento. Para checar se a compra era irregular, seria preciso que o usuário digitasse a senha do cartão no celular. Após o ato, um programa de computador, que identificava os números, repassava a senha para a quadrilha. Em alguns casos, elas enviavam um motoboy na casa das vítimas e pediam o cartão bancário com a promessa de que seria substituído por um novo.

As mulheres operavam a central clandestina em Perus, na Zona Norte de São Paulo. Lá, elas usavam celulares e cinco computadores, colocando até música de espera dos respectivos bancos para ajudar na ação. 

A 4ª Delegacia de Crimes contra o Patrimônio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) ainda apura o caso para saber quantas vítimas caíram no golpe e quanto de dinheiro foi retirado da conta delas. 

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA