Quatro homens assaltam loja de joias e atiram no segurança, em Capitão Poço

Desta vez, o crime não compensou; apenas o mostruário foi roubado

Redação Integrada

Quatro homens armados assaltaram e fizeram uma pessoa refém em uma loja no município de Capitão Poço, nordeste do Pará. O segurança da loja reagiu, foi baleado e estava em estado grave de saúde.  O caso ocorreu por volta das 11h deste sábado (6), no prédio comercial Mundo das Joias Ltda, no bairro Centro.

Segundo informações da Polícia Civil, por meio da 6ª Superintendência Regional do Caeté (Risp), a quadrilha que tomou assalto na loja estava composta por quatro homens, que portavam duas amas de fogo calibre 38.

“Foi coletado pelas investigações que o grupo criminoso entrou no estabelecimento se passando por clientes. Um deles vestia camisa de um time de futebol (Barcelona FC). Outro usava chapéu, calça polo preta e óculos de grau”, afirma.

Ainda segundo a polícia, outros dois homens ficaram na rua dando o apoio logístico e vigilância para o êxito da empreitada criminosa e estavam em duas motocicletas. “O suspeito de camisa do time de futebol anunciou o assalto levando o mostruário das joias em exposição no blindex do balcão e, ao sair da loja, manteve uma cliente refém”.

Nesse instante, ainda segundo os policiais da 6ª Risp, o segurança da loja, identificado por José Edvaldo David de Souza, reagiu à ação criminosa, mas acabou sendo baleado por um dos assaltantes.   

Ao saírem da loja os quatro criminosos ainda assaltaram um mototaxista, que passava pelo local. Em seguida, saíram para lugar ainda não identificado pela polícia.

A Polícia Civil busca imagens do circuito interno de segurança do estabelecimento, para identificar os suspeitos, observar a trama criminosa no interior do recinto comercial, identificar armamento, calibre, modelo e outras iniciativas que vão ajudar na investigação.

Além disso, intima testemunhas para prestarem depoimentos. Uma delas afirmou que ainda não foi contabilizado o prejuízo da loja, mas acreditava que o crime não compensou, uma vez que apenas o mostruário foi roubado.

Ainda segundo a polícia, o segurança da loja segue internado no hospital. As últimas notícias traziam que ele estava em estado grave e possivelmente seria transferido para unidade médica de alta complexidade.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!