logo jornal amazonia

Polícia prende homem em situação de rua procurado por estupro de vulnerável

O crime foi praticado contra uma menina de apenas 10 anos em fevereiro de 2021

Tay Marquioro
fonte

A Polícia Civil cumpriu na manhã da última segunda-feira (26) o mandado de prisão expedido contra o homem identificado como Jailson Feitosa Diniz, de 41 anos. Ele é suspeito de abuso sexual praticado contra uma menina de apenas 10 anos, em fevereiro de 2021.

VEJA MAIS

image Padrasto é preso após ser flagrado sem cueca com enteada dentro de carro
Segundo Polícia Militar Rodoviária, a menina também estava seminua na parte de trás do veículo

image População espanca homem acusado de abusar sexualmente de criança de 9 anos
Polícia Civil diz que o homem foi preso em flagrante e que a investigação segue em sigilo

image Ator da Globo investigado por estupro e pedofilia, José Dumont é preso no Rio
O ator foi preso em flagrante nesta quinta-feira (15), pelo crime de armazenamento de imagens de sexo envolvendo crianças; ele também é investigado pelo crime de estupro de vulnerável e pedofilia

O caso, à época, gerou grande repercussão nas redes sociais. Jailson foi flagrado adentrando uma construção abandonada na Travessa Manaus, no núcleo Cidade Nova, em companhia da menina. Uma testemunha que passava pelo local de carro desconfiou da movimentação dos dois e começou a gravar com o aparelho celular, chegando até mesmo a registrar parte do rosto do homem. Como estava sozinha, a testemunha não conseguiu deter Jailson, que conseguiu escapar do local.  Ele era procurado desde então.

Jailson vive em situação de rua e, no momento da prisão, deu aos policiais o nome de Joelson dos Santos. A informação foi desmentida logo na apresentação do homem na delegacia. Agora, ele está sob custódia no Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (Crama), onde permanece à disposição da Justiça.

Palavras-chave

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA