CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
logo jornal amazonia

PM é preso suspeito de matar o próprio filho de 3 meses no Pará

O suspeito foi encaminhado ao sistema penal, onde permanece preso e à disposição do Poder Judiciário

O Liberal

Um cabo da Polícia Militar do Pará foi preso na última segunda-feira (27), no bairro de São Brás, em Belém. Henrique Nascimento Magno é suspeito de matar o próprio filho, um bebê de apenas três meses. O crime ocorreu na cidade de Breu Branco, no sudeste paraense, em agosto do ano passado. Segundo a Polícia Civil, responsável pela prisão, “o suspeito foi encaminhado ao sistema penal, onde permanece preso e à disposição do Poder Judiciário”. O inquérito do caso já foi concluído.

Na época, o militar chegou a registrar um boletim de ocorrência informando que seu filho teria morrido em decorrência de problemas respiratórios. No entanto, com o desenrolar das investigações, a polícia descobriu que Henrique dopou a mãe da criança, colocando medicação em uma pizza que havia levado até a casa dela.

VEJA MAIS

image Mãe acusada de matar o filho diz em julgamento: 'Na verdade, eu sou um monstro'
Interrogatório das rés acusadas de morte de Miguel encerra primeiro dia de julgamento

image Filho é preso suspeito de estuprar e matar a própria mãe estrangulada
O homem, de 28 anos, foi encontrado ao lado do corpo da mãe enquanto fumava um cigarro tranquilamente

image Mãe é presa após matar filho bebê, em São Félix do Xingu; corpo estava dentro de poço
O crime ocorreu na madrugada desta quinta-feira (9). A mulher confessou o homicídio

Após dopar a mulher, Henrique teria matado a criança por meio de asfixia mecânica (esganadura). O crime teria sido motivado pelo fato do suspeito não aceitar o nascimento do filho.

Por nota, a Polícia Civil do Pará comunicou que “cumpriu um mandado de prisão contra um policial militar por homicídio qualificado, no bairro de São Brás, nesta segunda-feira (27), em Belém”.

image Mãe e companheira são presas suspeitas da morte de criança de 3 anos no Complexo do Alemão
O menino tinha marcas de lesões pelo corpo que apontavam um possível espancamento

image Mãe suspeita de matar o filho de 2 anos em Muaná é transferida para Ananindeua
O corpo da criança foi localizado em um matagal atrás da casa onde a suspeita morava. A mulher deve responder por homicídio qualificado e ocultação de cadáver

A prisão ocorreu através da Delegacia de Homicídios (DH), com o apoio do Núcleo de Inteligência Policial (NIP), do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) de Tucuruí, da Delegacia de Breu Branco e da Corregedoria da Polícia Militar.

Também por meio de nota, a Polícia Militar confirmou que “foi cumprido mandado de prisão preventiva contra o policial”. “A Corregedoria da PM acompanha o caso e adotará as medidas cabíveis na esfera administrativa. A PM reitera que não compactua com desvios de conduta de qualquer agente e se solidariza com a família da vítima”, disse a instituição.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) comunicou que Henrique do Nascimento Magno está sob custódia e à disposição da Justiça.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA