Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Pistoleiro executa dono de oficina mecânica com tiros na cabeça

A moto que o pistoleiro pilotava foi recolhida e apresentada na delegacia de Polícia Civil em Itupiranga

O Liberal

Wegener de Freitas Goés, de 35 anos, mais conhecido pelo apelido "Loleia", foi executado com diversos disparos de arma de fogo na cabeça na manhã deste sábado (04), em Itupiranga, município do sudeste paraense. O crime foi registrado por volta de 9h30, na avenida 14 de Julho, centro da cidade. O homem era proprietário de uma oficina mecânica, e sua morte chocou os moradores da região.

O 34º Batalhão de Polícia Militar (BPM) informou que, de acordo com testemunhas, “Loleia” estava no interior de seu estabelecimento comercial quando o atirador chegou de motocicleta, efetuando os tiros a uma certa distância da vítima. O empresário não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do crime.

Diante de informações das testemunhas, a equipe policial iniciou as diligências na tentativa de capturar o suspeito. Ele teria sido interceptado em uma estrada já no município vizinho, Marabá, mas abandonou a motocicleta que pilotava e entrou em um matagal. Foram feitas buscas no local e os PMs solicitaram apoio, mas não localizaram o suspeito.

A moto que o pistoleiro pilotava foi recolhida e apresentada na delegacia de Polícia Civil de Itupiranga. Na unidade, foi constatado que o veículo estava com a placa adulterada. A Polícia Militar, que atua em Itupiranga por meio do 92º pelotão, também preservou a cena da execução à espera do serviço de remoção da Unidade Regional de Marabá do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. O caso segue em investigação. 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA