CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
logo jornal amazonia

PF interrompe atividade de mineradora clandestina no sul do Pará

Foram apreendidos equipamentos de extração de manganês avaliados em R$ 6 milhões; ninguém foi preso

Dilson Pimentel
fonte

A Polícia Federal deflagrou a operação "12º Elemento" para combater a extração ilegal de manganês em Cumaru do Norte, no sul do Pará. No local onde funcionava uma mineradora clandestina foram encontrados maquinários utilizados no beneficiamento preliminar do minério, além de três caminhões (bi-trem) que aguardavam o carregamento do manganês para transportá-lo.

Durante a operação, realizada na tarde de sábado (25), foram apreendidos dois britadores, duas pás carregadeiras, três caminhões, uma camionete e celulares, além de uma escavadeira hidráulica que estava no local onde era feita a extração do minério. Os bens apreendidos foram estimados em mais de R$ 6 milhões.

A mina fica dentro de um Projeto de Assentamento do Incra, na divisa com a Terra Indígena Kayapó (cerca de 1,5 km da TI). Além da degradação ambiental ocorrida no próprio local, a contaminação do solo e lençóis freáticos pode refletir no equilíbrio ambiental dentro da Terra Indígena.

LEIA TAMBÉM:

image PF fecha dois garimpos ilegais em Cumaru do Norte, no Pará
Os agentes apreenderam maquinários utilizados na extração do recurso mineral. Agora, as investigações seguem para identificar os responsáveis pelo lugar

image Operação fecha seis garimpos e resgata 24 pessoas em situação análoga à escravidão no Pará
Duas pessoas foram presas pela Polícia Federal. Ação aconteceu no município de Cumaru do Norte

Ainda segundo a PF, as investigações agora prosseguem no sentido de identificar o responsável pela mineradora clandestina, assim como o destinatário do minério. Os trabalhadores do local foram ouvidos e liberados. Ninguém foi preso. O manganês é o 12º elemento químico mais abundante na crosta terrestre, fato que inspirou o nome da operação (Com informações da Comunicação Social da Polícia Federal em Marabá).

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA