Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Pedofilia: oficial da Polícia Militar é preso em Castanhal

Ele foi preso durante operação para combater pedofilia naquele município

Dilson Pimentel

Duas pessoas, entre as quais um oficial da Polícia Militar, foram presas, em Castanhal, durante operação para combater pedofilia naquele município no nordeste paraense. O Ministério Público do Estado, por meio da Promotoria de Justiça de Castanhal, participou, na terça-feira (15), dessa ação integrada com a Polícia Civil e Corregedoria da Polícia Militar. Um dos presos, detido em sua residência nas primeiras horas do dia, é oficial da Polícia Militar.

No notebook do policial investigado foram encontradas fotos de pornografia infantil. O promotor de Justiça Danyllo Colares participou das diligências. Ainda segundo o Ministério Público do Estado, o policial foi preso na casa dele, às 6 horas, em cumprimento de ordem do juízo da 2ª Vara Criminal de Castanhal para combater a pedofilia no município. Durante a operação foram apreendidos notebook, celulares, um CD-Rom e pen-drivers que contém material pornográfico infantil.

Pedofilia: Polícia Federal investiga abusos sexuais contra crianças e adolescentes no Pará
Mandados de busca e apreensão da PF foram cumpridos na Grande Belém, na manhã desta quinta-feira (03/02)

Projeto cria cadastro nacional de pedófilos
Além de informações, a ficha contará com foto do condenado

As investigações que resultaram no cumprimento de mandados judiciais de prisão preventiva e busca e apreensão domiciliar apuram a possível ocorrência de crimes de estupro de vulnerável (artigo 217-A do CP) e armazenamento de material que contenha pornografia envolvendo crianças e adolescentes (artigos 241-A e 241-B do ECA) 

Participaram das diligências desta terça-feira equipes da Delegacia de Atendimento a Mulher (DEAM), Delegacia Especializada no Atendimento à criança e ao Adolescente (DEACA), NAI/Castanhal, DECCC, Decrif, Superintendencia da 3ª RISP, NIP, Corregedoria da Polícia Militar e Ministério Público do Estado.

As investigações foram iniciadas pela DEAM e DEACA e contou com a participação do Ministério Público, por meio do promotor de Justiça Reginaldo César Lima Álvares, vinculado a 2ª vara Criminal de Castanhal. Os nomes dos presos não foram divulgados.

Polícias Civil e Militar se manifestam sobre a prisão do oficial da PM

A Polícia Militar informou que, após investigação da Polícia Civil, a Corregedoria-Geral da PM prendeu, nesta terça-feira (15), um oficial da corporação suspeito de estupro de vulnerável. A Polícia Militar reitera que não compactua com desvios de conduta de seus integrantes e que  acompanha o caso, por meio da Corregedoria Geral. O militar segue custodiado no Batalhão de Polícia Penitenciária (BPOP), em Marituba, à disposição da Justiça comum.

Já a Polícia Civil informou que instaurou procedimento para a apuração de casos de pedofilia no município de Castanhal. Na última terça-feira (15), foi dado cumprimento a medidas cautelares deferidas pela Justiça. A ação contou com a participação das corregedorias das Polícias Civil e Militar e Ministério Público do Estado. Os casos seguem sendo investigados sob sigilo.

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA