Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

No Pará, suspeito de tráfico de drogas atira contra policiais, é baleado e morre

Com o suspeito, os policiais encontraram uma arma de fogo e drogas

O Liberal

Um homem ainda não identificado morreu depois de trocar tiros e travar luta corporal com a polícia na região central de Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará, na tarde da última sexta-feira, 23. As informações são do portal Correio de Carajás.

De acordo com informações da Polícia Militar, o homem, que era suspeito de tráfico de drogas, teria reagido à abordagem policial e atirado em direção aos agentes de segurança pública.

Os policiais chegaram até o suspeito de tráfico de entorpecentes após uma denúncia anônima informando sobre a venda de drogas na antiga rodoviária da localidade. Assim que os policiais chegaram no local, o homem fugiu em uma moto. Os policiais deram ordem de parada, mas ele não obedeceu e continuou em fuga. No trajeto, disparou contra os policiais e parou o veículo.  

Quando os policiais se aproximaram, o suspeito tentou escapar novamente, mas foi impedido por um agente de segurança, que segurou na garupa da moto. O suspeito, então, se jogou no chão e travou luta corporal com os policiais.

O homem conseguiu escapar novamente e continuou atirando contra os PMs. Ele subiu no muro de uma casa e depois em um telhado para tentar fugir, mas foi atingido pela polícia e caiu.

Gravemente ferido, o homem ainda foi levado por uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBMP) para o Hospital Municipal, mas já chegou à instituição de saúde em vida.

Com ele, os policiais encontraram uma arma de fogo, tipo revólver, calibre 22, tambor com capacidade para 7 munições, contendo 1 munição deflagrada e 4 intactas. Também foram achados 10 papelotes de substância petrificada amarelada, aparentando ser crack.
 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA