Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

No Pará, PRF encontra 215 mil carteiras de cigarros contrabandeados da China

Carga estava entre sacolas de adubo de galinha

O Liberal

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 215 mil carteiras de cigarros contrabandeados da China, em abordagem no km 600 da BR-230, em Vitória do Xingu, região sudoeste do Pará. Com informações da PRF. 

A PRf informou que o flagrante ocorreu durante deslocamento da equipe pela rodovia. Os policiais federais viram o caminhão no sentindo contrário da pista, com a lanterna do farol direito quebrada e sem nenhuma lâmpada acesa na traseira, o motivou a abordagem ao veículo.

Nas buscas, a equipe encontrou dois comprimidos de anfetamina e cerca de 0,5 g de cocaína, que seriam do motorista e do passageiro. Além disso, foi solicitada a documentação da carga transportada no caminhão.

O motorista do caminhão informou aos policiais que o carregamento era composto por sacolas de esterco (adubo fertilizante) de galinha.  Questionado, o homem disse não saber a quantidade e nem quem seria o dono da carga, o que aumentou as suspeitas da equipe.

O veículo foi levado à Polícia Rodoviária Federal em Altamira (PA), na mesma região do sudoeste estadual. Em Altamira, houve a verificação da carga e das notas apresentadas. Não demorou para que a PRF achasse a carga de cigarros.

A PRF retirou a lona e entre as sacolas de esterco de galinha, a equipe encontrou o total de 215 mil carteiras de cigarros em aproximadamente 22 mil maços.

Motorista e passageiro foram encaminhados para a realização dos procedimentos cabíveis, em tese, pelo crime de contrabando e porte de droga para consumo, na sede da Polícia Federal, em Altamira.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA