Mulher morre e homem fica ferido em acidente na Júlio César

Vítima foi esmagada por uma carreta depois de moto que ela estava colidir com carro

Uma tragédia no trânsito tirou a vida de Maria do Amparo Souza Reis na tarde desta sexta-feira (29), quando ela e o marido, Tiago Francisco Amorim Reis, se envolveram em um acidente enquanto trafegavam pela avenida Julio Cesar, bairro de Val-de-Cans.

A mulher morreu na hora ao ser esmagada por uma carreta bitrem, enquanto ele foi socorrido com uma fratura no braço e outras escoriações.

O acidente foi por volta de 16h, próximo ao Canal São Joaquim, no sentido de quem segue ao Aeroporto Internacional. Segundo uma prima da vítima, Maria era contadora, e ela e o marido compraram a motocicleta, modelo Honda Twister, para ela poder se deslocar com mais facilidade e atender às empresas que assessorava.

Eles haviam trabalhado o dia inteiro, e ao final da tarde, pararam na casa da avó de Maria para visitá-la. Em seguida, compraram um bolo e mais alguns mantimentos para comer com os três filhos do casal e seguiram para a casa deles, no bairro do Benguí. Contudo, na metade do caminho, eles se envolveram no acidente que matou Maria. 

Várias versões sobre o caso foram apresentadas por testemunhas e envolvidos. Segundo o motorista da carreta, um carro de aplicativos de transporte de passageiros parou no acostamento da via, forçando que o carro que vinha atrás, modelo Honda Corolla, parasse de forma brusca.

A moto pilotada por Tiago não freou a tempo e acabou colidindo com o carro de passeio. No choque, Tiago caiu para um lado e Maria acabou caindo na outra pista, no momento que a carreta de uma transportadora passava. A força com que as rodas esmagaram a mulher foi tanta que o capacete que ela usava foi reduzido a pedaços.

O homem foi socorrido por uma ambulância do Corpo de Bombeiros e, segundo agentes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) que coordenavam o trânsito no local, foi levado ao Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (Hmue), em Ananindeua. No local do acidente, foi constatada uma fratura em seu braço esquerdo.

Segundo familiares enlutados que foram ao local, Tiago e Maria se conheceram na adolescência e estavam juntos desde então, transformando o primeiro namoro de ambos em um casamento. A união gerou três filhos - duas meninas e um menino - com idades entre um e quatro anos, que agora estão órfãos de mãe.

O catarinense Juvenil Fernandes, motorista da carreta, estava muito abalado com o acidente, e disse que não pôde evitar o atropelamento. "Eu trabalho com isso há 43 anos e nunca me envolvi em algo assim.

É muito triste, muito triste mesmo. Eu não consegui evitar, tanto que ela caiu no meio da carreta, pois eu já tinha passado", disse o homem. O trânsito ficou bastante lento no local, com congestionamentos se estendendo pela Pedro Álvares Cabral e Senador Lemos, e a Semob coordenou a situação enquanto o corpo da vítima era removido. 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA