Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Motorista é baleado durante assalto em Ananindeua após dizer que não tinha dinheiro

A vítima foi socorrida para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência e seu quadro é estável

O Liberal

Um motorista de aplicativo, que não teve identidade divulgada, foi baleado na noite de quarta-feira (21), após ter sido vítima de um assalto, no trecho da avenida Independência, no bairro do Icuí-Guajará, em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém (RMB). O suspeito teria disparado um tiro na boca do trabalhador, após ele dizer que não tinha dinheiro para dar ao criminoso.

VEJA MAIS

Cobrador de van morre após ser baleado em assalto na Rodovia Augusto Montenegro, em Icoaraci
De acordo com o 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM), buscas estão sendo realizadas para encontrar o criminoso

PM baleado em ocorrência na Cabanagem passa por exames clínicos
Polícia Militar afirma que operação é realizada para identificar e prender suspeitos do crime

'Narigudo' é baleado e preso, suspeito de tráfico de drogas, no Marajó
Após confronto com a polícia, suspeito chegou a fugir e buscar socorro no Hospital Municipal de Muaná, onde foi preso

A vítima foi socorrida para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua. O estado de saúde do motorista era estável, segundo informações do Centro Integrado de Operações (Ciop), da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Segup).

Logo após o crime, guarnições do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM) deram início às diligências para tentar localizar o criminoso, que permanece foragido. A Polícia Civil investiga o caso. Informações que auxiliem na identificação e localização do suspeito podem ser repassadas ao Disque-Denúncia, através do número 181. A ligação é gratuita, com anonimato garantido.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA