Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Motorista de aplicativo é morto após ser sequestrado em Parauapebas

O jovem foi abordado na frente da casa onde morava

O Liberal

A Polícia Civil de Parauapebas está investigando o assassinato de Kenede Anderson da Silva Campos, morto a tiros na noite da última quinta-feira (30), após ser sequestrado em frente a casa onde morava, no Bairro Cidade Jardim. Segundo informações, a vítima havia acabado de estacionar em frente ao imóvel, onde teria ido buscar a esposa, que está grávida, para levar ao hospital, quando de repente foi abordado por três homens armados. As informações são do portal Pebinha de Açúcar.

VEJA MAIS

Morte em Ananindeua: mototaxista é morto a tiros no residencial Beira Rio
Vítima estava sentada perto de um dos blocos do conjunto quando foi atacado. Morreu sentado

Homem é morto a tiros dentro de casa em Ananindeua; suspeitos fugiram
Os suspeitos, que conseguiram fugir do local, teriam exigido pertences e dinheiro da vítima

Ainda de acordo com informações que estão sendo apuradas, os criminosos chegaram em um veículo branco e teriam estacionado a pelo menos 200 metros da casa da vítima. Dois dos criminosos desceram do carro e foram caminhando até a residência de Kenede.

Os assassinos obrigaram o jovem a entrar no banco de trás do veículo e saíram em alta velocidade. Minutos depois, o corpo da vítima foi encontrado em uma área de invasão do Bairro Tropical. O carro foi abandonado no próprio bairro. A  Polícia Militar esteve na residência em busca de informações que pudessem elucidar a motivação do crime.

Homem é morto a tiros por dupla com rosto encoberto, no oeste do Pará
O crime aconteceu na madrugada de quinta-feira (30/06) em Alenquer, bairro Planalto

Kenede Anderson da Silva Campos atualmente trabalhava como motorista de aplicativo, e de acordo com a família, não tinha envolvimento com o crime. Um inquérito policial já foi aberto para apurar as circunstâncias do crime.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA