Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Menina de 3 anos morre afogada em rio no nordeste do Pará

A criança estava nas águas do rio Ipixuna ao lado dos pais quando desapareceu e foi localizada minutos depois, desacordada

O Liberal

Uma menina, de 3 anos, morreu afogada na tarde deste domingo (17), em Ipixuna do Pará, município no nordeste do estado. A criança estava em um balneário da cidade acompanhada dos pais quando desapareceu.

VEJA MAIS

Criança de três anos morre afogada em piscina de resort, em Salinas
Vítima ainda chegou a ser socorrida e levada para um hospital local, mas não resistiu

Policias salvam adolescente de 15 anos de ser afogada pelo padrasto em Santarém
A adolescente foi retirada da água e passou por procedimento de reanimação pela equipe policial. Ela apresentava machucados pelo corpo.

Criança de 1 ano é morta afogada pela mãe em tanque de lavar roupas
Mulher não demonstrou arrependimento após cometer o crime

Ela teria saído para brincar e não foi mais vista. A garota 40 minutos depois, já sem vida nas águas do rio Ipixuna. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estava no local e realizou os procedimentos para tentar reanimar a criança. No entanto, ela não resistiu e morreu no local. O corpo foi encaminhado ao necrotério do Hospital Municipal da cidade. 

A redação integrada de O Liberal solicitou informações para a Polícia Civil se o caso foi registrado em alguma delegacia. A reportagem aguarda retorno. 

Menino de 3 anos morre afogado em resort de Salinas

Uma criança de três anos de idade morreu afogada na piscina do Salinas Premium Resort, localizado na rodovia PA-444, em Salinópolis, nordeste do Pará, na noite deste domingo (17). A informação foi confirmada pela Polícia Militar.

De acordo com informações da polícia, a criança foi encontrada na piscina pelos pais, depois de se afogar no local. Ela ainda chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBMPA) e encaminhada para um hospital municipal, mas não resistiu. 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA