Membro de quadrilha de assaltantes, foragido é morto em ação da polícia em Igarapé-Miri

Buscas por outros membros continuam

Na madrugada desta quinta-feira (24), um homem identificado como Emerson Pantoja ou "Romerito" foi morto em uma ação da Polícia Militar em Igarapé-Miri, no nordeste paraense. O homem era um dos integrantes de uma quadrilha que pratica assaltos na região da rodovia PA-151, próximo do porto da balsa do rio Meruú, no perímetro conhecido como ramal do Arapari, zona rural do município.

As informações foram confirmadas junto à Superintendência da Polícia Civil na Região do Tocantins e pelo 31º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Por volta das 3h, o 66º Pelotão destacado encontrou Romerito escondido em uma casa ribeirinha, após receber várias denúnicas. Ao chegar no local, ele pulou a janela de um barraco de madeira e empreendeu fuga para uma área de mata, e quando a guarnição pediu para ele parar, o homem efetuou um disparo de arma de fogo em direção aos policiais.

Os policiais alegam que atiraram para se defenderem,  e no confronto a tiros, o homem foi atingido por tiros no peito e morreu no local, já que a área é difícil acesso e não foi possível prestar socorro. 

Segundo a Polícia local, Emerson ainda era foragido do sistema penal e tinha mandados de prisão em seu nome, que seriam cumpridos no momento que ele reagiu à abordagem.

Ainda de acordo com a Polícia local, os PMs ainda estão na região à procura dos outros integrantes da quadrilha. O núcleo avançado do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves já foi avisado sobre a morte do homem e aguarda a conclusão da operação na mata para se deslocar e remover o cadáver para ao Instituto Médico Legal (IML).

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA