Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Jovem tenta matar a própria irmã a golpes de terçado e acaba preso em Breves

O suspeito se irritou com a irmã, após ela ​​se manifestar dentro de casa sobre o desejo de estudar para um dia ser policial

O Liberal

​Um jovem de 25 anos, que já responde pelos crimes de homicídio, tráfico de drogas e furto qualificado, foi preso nesta quinta-feira (22) por tentativa de feminicídio, praticado contra a própria irmã, uma adolescente de 16 anos. O crime ocorreu no município de Breves, na ilha do Marajó. O suspeito utilizou um terçado para atentar contra a vida da menor, segundo a polícia.

Ainda de acordo com informações repassadas pela polícia, o suspeito se irritou com a adolescente, após ela ​​se manifestar dentro de casa sobre o desejo de estudar para um dia ser policial. Depois da afirmação da irmã, o rapaz armou-se com um terçado e partiu para cima da adolescente. Outras duas irmãs intervieram na situação e conseguiram conter o agressor. Uma delas ficou ferida, mas sem gravidade.

A vítima da tentativa de feminicídio conseguiu escapar pela janela da casa. Ela e as demais testemunhas compareceram à Polícia Civil para comunicar o fato. A equipe de investigadores da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) iniciou diligências e conseguiu localizar o suspeito, horas após o crime. Ele foi conduzido à unidade policial e preso em flagrante.

Já a adolescente foi atendida pela Fundação Parapaz e segue monitorada pela equipe da DEAM. Segundo a polícia, ao fim do procedimento, ela foi convidada para uma visita técnica nas instalações da Polícia Civil em Breves. Também recebeu convite para compor o quadro de estagiários da delegacia.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA