Jovem casal morre em acidente em cruzamento; veja

Eles teriam furado o sinal vermelho e foram atingidos por uma caminhonete

Redação Integrada

Na noite desta quarta-feira (09), o jovem casal Elaine Ferreira Macedo, de 25 anos, e Yan Patrick Rodrigues de Araújo, de apenas 20 anos, morreram em um grave acidente de trânsito em Altamira, município no Baixo Amazonas paraense. Imagens feitas pela câmera de segurança mostram quando os dois foram atingidos por uma caminhonete, no cruzamento da avenida Perimetral e rua Acesso Dois, bairro da Sudam II. Veja:

O 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM) foi a primeira força de segurança a ir ao local e falou ao telefone sobre o acidente, registrado ás 21h14, como mostram as imagens. Segundo a PM, após a colisão, o motorista do carro saiu do local, mas foi encontrado cerca de 500 metros distante dali, próximo da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A guarnição da PM levou o condutor do carro até o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e depois, para a delegacia de Polícia Civil. 

Nas imagens de circuito interno que foram compartilhadas nas redes sociais, é possível ver o carro saindo de um estacionamento na avenida Perimetral e, após o sinal abrir, ele vira à esquerda, para entrar na rua Acesso Dois. No mesmo momento, o casal de moto vinha descendo a avenida em alta velocidade, ambos sem capacetes, e furam o sinal vermelho, já que os demais veículos que vinham na pista com eles, pararam. A colisão foi tão forte que as duas vítimas foram arremessadas, morrendo no local. 

Os corpos foram levados à Unidade Regional do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves de Altamira. De acordo com informações de parentes, Yan e Elaine eram casados e deixam duas crianças órfãs.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA