Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Irmão abandona idoso na frente de condomínio de familiares no bairro do Tapanã

Segundo um sobrinho bisneto, que mora no condomínio, o idoso sofre de diabetes e estava apenas dois meses sob os cuidados do irmão mais novo 

Redação Integrada

As câmeras de segurança do condomínio Jardim Espanha, no bairro do Tapanã, em Belém, registraram o momento exato em que o irmão mais novo para o carro, desce, tira o idoso do veículo e o deixa na portaria, em uma cadeira de rodas. O homem ainda disse que iria resolver um problema pessoal e nunca mais voltou. Eram por volta das 17h desta terça-feira (2).

Moradores do residencial ficaram chocados com a atitude do desconhecido e, por não saberem que o idoso, de fato, tinha familiares no condomínio, acionaram a polícia e o Corpo de Bombeiros, pedindo ajuda.

Os condôminos também fizeram foto do idoso e a imagem dele circulou em grupos de WhatsApp, na Região Metropolitana de Belém (RMB), no início da noite desta terça-feira. O caso só foi esclarecido quando um sobrinho neto do idoso, José de Arimatéia Santos de Alcântara, morador do condomínio Jardim Espanha, se apresentou à recepção do residencial.

José de Arimatéia, que trabalha como caixa na loja de materiais de informática, que a família dele mantém em um shopping de Belém, contou que o senhor abandonado é tio da avó dele, uma senhora de 67 anos de idade.

"Minha avó cuidou do tio dela por mais de 15 anos. Ocorre que ela adoeceu há dois meses, e veio morar com a gente, eu e minha mãe", contou José de Arimatéia. Ele assegurou que a família, no Jardim Espanha, ficou surpresa com a atitude do irmão mais novo do idoso.

Segundo o sobrinho-neto, o idoso é diabético e tem outros problemas de saúde, que ele não soube precisar. O homem não casou nem teve filhos. "Eu não sei o que ocorreu. O que sei é que os irmãos dele, do meu tio-bisavô, nunca aprovaram o fato de minha avó cuidar do tio dela".

Arimatéia assegurou que nem ele nem sua mãe e sua avó foram avisados que o idoso seria levado para o residencial. "Acho que ele se cansou de cuidar do irmão, não deu conta. Vamos  cuidar dele até que a família consiga resolver quem, de fato, ficará com ele", disse José Arimatéia, já levando o idoso para a casa no residencial.

A polícia e os bombeiros foram embora sem registrar a ocorrência. 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA