CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
logo jornal amazonia

Idoso morre após ser atropelado por motociclista ao tentar atravessar avenida na Marambaia

O condutor do veículo que atingiu a vítima é soldado temporário do Exército Brasileiro

O Liberal
fonte

Um pedestre morreu após ser atropelado por um motociclista, na manhã desta quinta-feira (23), na avenida Pedro Álvares Cabral, em frente à 15ª Companhia de Polícia do Exército (15ª Cia PE), sentido Entroncamento, bairro da Marambaia, em Belém. A vítima foi identificada pela polícia como Luiz Otávio Campos Seabra. Segundo a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), Seabra era um idoso que tentava atravessar a pista quando foi atingido pela motode modelo Honda CB 300 vermelha. O condutor do veículo é um soldado temporário do Exército Brasileiro.

O caso teria ocorrido por volta de 7h20. Na sequência, a Polícia Militar foi acionada, junto com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192). Luiz Otávio morreu no local, apesar dos socorristas tentarem reanimá-lo. O condutor do veículo que o atingiu precisou ser socorrido após o acidente para o Hospital Geral de Belém. O estado de saúde dele não foi revelado. 

Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra uma ambulância e uma viatura da PM. “Atropelamento na Pedro Álvares Cabral, em frente ao Exército”, conta um rapaz que faz gravação. Outra filmagem revela o corpo da vítima estirado entre a calçada e a pista.

O trecho, por conta do sinistro, ficou interditado. A Semob esclareceu que o fluxo de veículos na área já foi normalizado. “Agentes da Semob estiveram no local, fazendo a orientação do trânsito, garantindo a fluidez e a segurança viária durante o atendimento dado ao ferido, pela ambulância do Samu, até a remoção do corpo pelo IML Renato Chaves”, informou a Superintendência em nota.

O acidente será investigado pela Seccional da Marambaia. A Polícia Civil comunicou à reportagem que “solicitou perícias e analisam imagens para auxiliar nas investigações do atropelamento que resultou na morte de Luiz Otávio Campos Seabra”. Quanto ao motociclista, a instituição policial disse que ele foi encaminhado para o hospital.

A redação integrada de O Liberal procurou o Comando Militar do Norte (CMN). Em nota, além de solidarizar-se com a família de Luiz, o CMN disse que o soldado estava em deslocamento de sua residência para o seu local de trabalho, o 2º Batalhão de Infantaria de Selva (2º BIS), onde ele é lotado. " (...) O fato está sob investigação das autoridades civis competentes, em razão de não possuir nenhuma relação com as atividades de trabalho desenvolvidas pelo militar na sede do 2ºBIS. Caso as investigações apontem para a responsabilidade do militar, serão adotadas todas as medidas administrativas previstas", comunicou. 

 

 

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA