Homem sai da prisão e é assassinado em menos de 24 horas

A vítima tinha 45 anos e foi encontrada morta no Distrito Industrial

Com quatro passagens na justiça, entre elas uma por tráfico de drogas e outra por tentativa de homicídio, Wilde de Sena Pereira, de 45 anos, foi assassinado na madrugada desta quinta-feira (25), menos de 24 horas depois de receber um alvará de soltura pela prisão mais recente, ocorrida no último dia 12.

De acordo com informações da Polícia Civil (PC), não há detalhes de como ocorreu a morte de Wilde, que foi encontrado morto com três perfurações provocadas por arma de fogo, sendo duas na cabeça e uma na clavícula, na segunda rua Urbana com a rua "N", no bairro do Distrito Industrial, em Ananindeua. Nenhum vestígio balístico foi encontrado no local.

Segundo a PC, "a Divisão de Homicídios (DH) foi acionada por meio do Ciop (Centro Integrado de Operações) para realizar atendimento e investigação preliminar em cena de crime de homicídio" No local, foi constatado a morte de Wilde, mas "ninguém se dispôs a prestar informações aos militares [que atenderam a ocorrência inicialmente], inclusive acerca da dinâmica do crime". Ainda de acordo com informações da PC, a equipe policial que realizou os primeiros levantamentos não localizou, no local, nenhuma testemunha ocular do fato, "corroborando com as informações dos militares de que ninguém falara acerca do crime".

A equipe também garante que diligências foram realizadas no intuito de localizar residências ou estabelecimentos comerciais que tivessem câmeras de segurança para ajudar na investigação, "porém não foram encontradas no local".

Ao realizarem pesquisa no Sistema Infopen (informações criminais), a equipe identificou, por fim, que a vítima em questão já teria sido presa quatro vezes e teria recebido alvará de soltura na última quarta-feira, 24, menos de 24 horas antes de ser assassinada.

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!