logo jornal amazonia

Suspeito de matar amigo é encontrado morto em mata fechada

Rafael Andrade de Almeida estava desaparecido desde o dia 15 de novembro e era considerado o principal suspeito do assassinado de Felipe Marciano Pereira Cruz.

O Liberal
fonte

O Departamento de Homicídios da 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, sudeste do Pará, abriu inquérito policial para investigar a causa morte de Rafael Andrade de Almeida, de 38 anos de idade, encontrado morto no início da tarde desta segunda-feira (21), em uma área de mata no bairro Jardim Canadá.

O corpo de Rafael foi encontrado por uma mulher que reside próximo a área onde o cadáver foi achado. O odor no local chamou atenção da moradora que acionou as autoridades. O corpo estava em avançado estado de decomposição.'

VEJA MAIS

image Morre idosa atropelada por caminhonete em Parauapebas
A vítima estava internada desde a última segunda-feira, 3, em um hospital do município

image Parauapebas é referência em desenvolvimento no Pará
Cidade prioriza o investimento em turismo, infraestrutura e saneamento básico

A Polícia Civil foi acionada juntamente com a equipe da Polícia Científica do Pará (PCP), que identificou perfurações pelo corpo do homem, que será encaminhado para necropsia, exame que deve apontar a causa morte da vítima.

Rafael Andrade de Almeida estava desaparecido desde o dia 15 de novembro. Ele era considerado foragido por ser o principal suspeito do assassinato de Felipe Marciano Pereira Cruz, de 37 anos de idade, encontrado morto dentro da residência de Rafael com 20 perfurações pelo corpo.

O crime ocorreu no mesmo bairro onde o corpo de Rafael foi localizado. A esposa de Rafael Andrade relatou que os dois estariam consumindo um chá alucinógeno, momento em que Rafael teria ido até a cozinha da residência e pegado a faca para matar o amigo. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil que deve apurar ainda a misteriosa morte de Rafael.

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA