Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem mata mulher e pega 15 anos de prisão, em Jacundá

Crime ocorreu no ano de 2018

O Liberal

O réu Diérico Cardoso de Sousa foi condenado a 15 anos, 7 meses e 15 dias de prisão pelo assassinato de Lucinéia Alves dos Santos. Ele a matou com golpes de canivete por motivo fútil, no interior de uma loja de roupas, no município de Jacundá, no sudeste do Pará, no ano de 2018. A condenação ocorreu nesta segunda-feira (9). *Com informações do Ministério Público.

No julgamento, o Tribunal do Júri acatou a tese do Ministério Público do Estado e pelo bárbaro assassinato de Lucinéia. O crime aconteceu em 16 de outubro de 2018. Diérico ligou para a vítima e foi até à loja de roupas onde ela trabalhava,dizendo estar interessado em comprar algumas peças. 

Quando ele chegou ao local, deu-se início a uma discussão, pois Lucinéia teria visto o réu com uma amante e ele, com receio de ser delatado a sua esposa, a ameaçou. A vítima repreendeu o homem e ele deu um tapa no rosto dela, que caiu no chão devido à força do golpe. Enquanto ela ainda estava caída, o homem sacou um canivete e desferiu os golpes que causaram a morte de Lucinéia.

Por maioria dos votos, o Conselho de Sentença reconheceu a materialidade e autoria do delito, assim como qualificadora:de delito cometido por motivo fútil. 

Na dosimetria da pena, avaliou-se que as circunstâncias do crime foram causadas pelo réu, pois ele criou um motivo para ficar a sós com a vítima. E como consequência do crime, a mãe da vítima sofreu abalo psicológico acentuado. Fechando então a 1ª Fase de dosimetria em 18 anos e 9 meses de prisão. Entretanto, como houve a confissão do crime, a pena foi diminuída em um sexto, ou seja, 3 anos, 1 mês e 9 dias.

Encerrando a 3ª Fase da dosimetria sem aumento ou diminuição, fixou-se a pena fianl de 15 anos, 7 meses e 15 dias de reclusão em regime fechado.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA