Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem impede mulher de deixar veículo na Doca e população cerca agressor; veja

Discussão foi registrada em vídeo: vítima só conseguiu se desvencilhar após pressão da multidão

O Liberal

Imagens que circularam na internet neste domingo (3) registraram agressões feitas contra uma mulher na noite de sábado (2), na avenida Visconde de Souza Franco, em Belém. No vídeo, ela é impedida de deixar um veículo particular e é mantida presa, segura pelo braço, por um homem que está ao volante. 

O fato ocorreu enquanto o veículo estava parado no meio do trânsito na Doca de Souza Franco. Ao notarem a situação, várias pessoas tentam intervir. Um grupo rodeou o carro onde a mulher era impedida de desembarcar. São várias as tentativas de sair do veículo, mas o homem, de identidade desconhecida, puxa-a pelo braço e pelas roupas, várias vezes.  

Nas imagens, a mulher repete várias vezes o apelo para que seja solta. Pessoas que acompanhavam o fato chegaram a bradar contra o agressor e apelavam para que ele a sotasse: “Vai deixá-la sem roupa”, disse uma das testemunhas da cena. Outras ameaçavam chamar a polícia e denunciar o abuso. Eles filmavam a placa do automóvel. 

Logo depois da mulher finalmente conseguir se soltar, o motorista não identificado fecha a porta do carro e sai do automóvel.  Segundo relatos, depois de estacionar o veículo, o acusado ainda saiu atrás da mulher e a abordou. 

Os dois entraram em discussão e ela tenta se afastar do agressor. Mas ele a segue e, mais uma vez, prende a mulher pelo pulso. É quando a vítima diz mais um a vez que não quer conversa e implora para que ele a solte. Segundo relatos colhidos posteriormente aos registros em vídeo, a mulher só teria conseguido sair do local e se afastado do agressor justamente por causa da intervenção do grande número de pessoas que acompanhava a discussão.

A redação integrada de O Liberal tenta apurar mais informações sobre esse episódio. Acompanhe. 

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA