Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ex-secretária de turismo de Marabá é executada a tiros junto com a filha

Vanuza Barbosa, 41, e Jackciane Barbosa, 25, foram mortas por um atirador em uma chácara localizada no complexo São Félix, bairro Novo Progresso, sede do município

Redação integrada (com informações do G1)

A ex-secretária de turismo de Marabá, Vanuza Barbosa, 41 anos, e a filha, Jackciane Barbosa, 25 anos, foram executadas a tiros na noite deste domingo (29), no bairro Novo Progresso, sede do município. Ainda não há informações sobre o que teria motivado o crime. O autor dos disparos fugiu do local e ainda não foi identificado pela polícia.

Segundo informações da Polícia Civil, o crime ocorreu por volta das 21h30, em uma chácara localizada no complexo São Félix, no bairro Novo Progresso. O atirador teria chegado ao local, efetuado os disparos e tomado rumo desconhecido em seguida, o que pode caracterizar uma execução encomendada.

A mãe foi morta com um tiro no rosto e a filha, com um tiro no rosto e outro no peito. Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) foi encaminhada ao local para realizar a perícia e a remoção dos corpos. 

Vanuza Barbosa foi titular da Secretaria de Turismo (Setur) de Marabá. Jackciane é bacharel em Direito e recentemente foi aprovada no concurso da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A polícia realiza diligências para identificar e localizar o criminoso, mas até o momento há poucas informações. Quaisquer informações que possam ajudar as investigações podem e devem ser repassadas ao Disque-Denúncia (181) ou ao Centro Integrado de Operações (190). Não é necessário se identificar e a ligação é gratuita.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA