Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dr. Jerônimo, do PMB, define campanha como 'humilde', mas acredita em resultado positivo

Candidato pelo Partido da Mulher Brasileira à prefeitura de Belém, político mostra positividade em relação aos resultados das urnas

Ana Carolina Matos

O médico José Jerônimo de Sousa, conhecido como Dr. Jerônimo, votou por volta das 10h30 na Escola Deodoro de Mendonça, no bairro de Nazaré, em Belém. Candidato pelo Partido da Mulher Brasileira (PMB) à prefeitura de Belém, ele descreve sua campanha eleitoral como "humilde", mas acredita que, apesar das dificuldades, o resultado é positivo.

"A campanha foi boa. Eu esperava algo melhor, mas tivemos dificuldades. Não tivemos recurso porque o partido não tem fundo partidário e nem incentivo público ou privado. Foi uma campanha mais humilde, mas com certeza foi eficiente. Fizemos tudo nas piores dificuldades. O partido também não tem tempo de televisão então contamos mais com mídias sociais e campanha individual", desabafa. 

Mesmo com as dificuldades enfrentadas no percurso, o candidato mostra positividade em relação aos resultados da urnas para o primeiro turno do pleito municipal 2020. "Temos já uma expectativa baseada nas pesquisas, mas existem outras variáveis. O segundo turno pertence a Deus. Se eu fosse indicar alguém para esse segundo turno, seria Dr. Jerônimo e o concorrente mais ou menos votado que eu", declarou, em tom positivo. "Eu não tenho preferência por nenhum nome. Que seja alguém que, junto comigo, seja o melhor para Belém", destacou.

Segundo a última pesquisa Ibope Inteligência encomendada pela TV Liberal e divulgada neste sábado (14), Dr. Jerônimo não somou 1% das intenções de voto. Sobre possíveis alianças para o segundo turno, o candidato diz preferir esperar o resultado das eleições para de definir a escolha de apoio. "Precisamos esperar o cenário para decidir com quem a gente vai trabalhar no segundo turno. Após a eleição vamos definir quem apoiar", concluiu.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA