Dois são mortos e uma terceira pessoa fica ferida após atentado em Paragominas

Crime ocorreu a cerca de dois quarteirões da delegacia do município, de onde as vítimas saíram acompanhadas do advogado

Ana Carolina Matos

O ataque ao veículo de um advogado, a cerca de dois quarteirões da delegacia de Paragominas, resultou na morte de duas pessoas e em uma terceira vítima alvejada a tiros. O crime ocorreu nesta quinta-feira (26), às 14h, na rua Geraldo Pedro Sarmento, no bairro Jardim Atlântico, na cidade do sudeste paraense. As informações são da 7ª Região Integrada de Segurança Pública (RISP) - Superintendência Regional/CAPIM da Polícia Civil.

De acordo com a ocorrência, o advogado, conhecido apenas como Cereja, saiu da Delegacia de Paragominas acompanhado de três pessoas, quando foi abordado pelos criminosos no percurso, há poucos metros da unidade policial. Não há informações sobre quantas pessoas teriam participado da ação e nem de que forma - se em um carro ou motocicleta - os envolvidos teriam chegado até as vítimas.

Adelson Conceição Silva e Jaicecleia Sousa Assunção foram encaminhados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paragominas, mas morreram no local. Tacila Silva Gomes, irmã de Adelson, também foi alvejada e está em observação, mas não corre risco de morte. O advogado não foi ferido, mas prestou depoimento na Delegacia de Paragominas.

A Polícia Civil investiga o caso.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA