logo jornal amazonia

Dois jovens são executados dentro de casa durante assalto; criminosos fugiram

Ninguém foi preso até o momento

O Liberal

​Na madrugada desta sexta-feira (22), dois jovens, identificados apenas como Welkes e Anderson, foram executados dentro de casa, na Agrovila Itaqui, na zona rural de Castanhal, nordeste paraense. As informações são dos sites Debate Carajás e Correio Norte.

VEJA MAIS

Corpo de homem baleado na nuca é encontrado em área de mata às proximidades da BR-316
Segundo a Polícia Civil, o crime possui característica de execução

Jovem morre e outro fica ferido após ataque a tiros em Parauapebas
Uma das vítimas seria testemunha de uma execução registrada em janeiro deste ano na cidade

Testemunhas disseram que ao menos quatro criminosos renderam todos os moradores da residência anunciando o assalto e pedindo dinheiro. Momentos depois, os bandidos realizaram os disparos na região da cabeça das duas vítimas. Ainda não se sabe se os dois rapazes reagiram ao assalto e, por isso, foram baleados.

Ainda de acordo com informações das testemunhas, parte da família fugiu por uma área em busca de ajuda. A Polícia Militar foi acionada, via Núcleo Integrado de Operações (Niop), mas não localizou os suspeitos. Os criminosos seguem foragidos. A Polícia Civil investiga o caso.

A Polícia Científica do Pará (PCP) foi comunicada do fato e removeu os dois cadáveres, para a realização de exames cadavéricos no Instituto Médico Legal (IML). Informações que ajudem as autoridades policiais a localizar e prender os criminosos, para a elucidação do duplo homicídio podem ser repassadas para o número do Disque Denúncia (181).

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA