Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dois homens são presos em flagrante por crime eleitoral em Rurópolis, no sudoeste paraense

Idalvan Gomes Feitosa, de 22 anos, e Francisco Ribeiro da Silva, de 25 anos, foram flagrados entregando santinhos em um local de votação do município

Redação Integrada

Dois homens foram presos em flagrante por crime eleitoral neste domingo (15), no município de Rurópolis, no sudoeste paraense. Idalvan Gomes Feitosa, de 22 anos, e Francisco Ribeiro da Silva, de 25 anos, foram flagrados entregando material publicitário de um candidato a vereador da cidade, que não teve a identidade revelada pela Polícia Civil. A popular "boca de urna" foi flagrada por policiais civis que faziam diligências com objetivo de combater crimes eleitorais na região.

O crime ocorreu por volta das 11h, no pátio da Escola Eurico Vale, local de votação no município. Diante da situação, foi dada voz de prisão à dupla, que foi conduiza à Delegacia de Rurópolis para prestar depoimento. Durante o interrogatório, um dos suspeitos afirmou que recebeu os santinhos diretamente das mãos do candidato e os colocou no bolso, e que depois acabou entregando aos demais colegas. 

Após esclarecimentos e assinatura de termos em que os jovens se comprometeram ao comparecimento perante ao juiz eleitoral para audiência, os dois foram liberados. Um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi instaurado para apurar crime de arregimentação de eleitor ou propaganda de boca de urna, previstos no Código Eleitoral. O material de campanha foi apreendido.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA