Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dois homens em uma moto atiram e matam passageiro de carro de aplicativo

A vítima foi alvejada com vários disparos de arma de fogo

Ana Laura Carvalho

​​Vitor Oliveira da Silva foi morto a tiros na tarde desta terça-feira, 5, na passagem José Bonifácio, no bairro do Castanheira, em Belém. Ninguém foi preso até o momento. Três equipes do 27° Batalhão de Polícia Militar do Pará (27° BPM) chegaram ao local, logo após o crime, e apuraram que dois homens em uma motocicleta já estariam aguardando a vítima, nas proximidades de sua residência.

Vitor foi assassinado com, pelo menos, cinco disparos de arma de fogo, no momento em que se preparava para descer de um carro de aplicativo. O condutor do veículo, que não quis se identificar, informou que a vítima estava na casa da namorada, no bairro do Jurunas. Como costumava fazer, ​​na noite de segunda-feira (4)​, ​​a namorada teria contratado o motorista para levar Vitor de volta à casa dele, na passagem José Bonifácio.

VEJA MAIS

Duas mulheres são mortas a tiros em bar no sudeste paraense
O suspeito de ter cometido o crime é o ex-marido de uma das vítimas

Suspeito é morto durante ação da Polícia Militar em Mosqueiro
PMs contam que precisaram reagir a disparos feitos pelo suspeito e atingiram o homem com tiros

O motorista detalhou que, ao finalizar a corrida, Vitor pediu ajuda para abrir o portão da residência onde morava, porque estava se recuperando de uma fratura na perna direita. Quando o motorista desceu do veículo, foi abordado por um dos suspeitos. “Eu estava com a mochila e a muleta do Vitor nas mãos, quando um deles apontou a arma na minha cara e disse: ‘Moleque, corre! E eu saí correndo’”, relembrou. Neste momento, o motorista contou que somente escutou os tiros desferidos em Vitor, que morreu na hora, ainda dentro do veículo.

Crime aconteceu na passagem José Bonifácio, bairro do Castanheira (Ana Laura Carvalho / O Liberal)

A Polícia Científica do Pará (PCP) foi acionada, por volta das 15h50, para realizar a análise da cena do crime e remover o cadáver, ao Instituto Médico Legal (IML). No local do crime, muitos curiosos ​e familiares da vítima acompanharam o trabalho dos peritos. Ninguém comentou sobre o que pode ter motivado o homicídio do rapaz.

O caso foi registrado na Polícia Civil. Diligências estão sendo realizadas na tentativa de identificar e prender os autores do crime.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA