Dois envolvidos no assalto a agência do Banpará de Bonito são mortos pela Polícia

Buscas ao grupo criminoso na região vinham sendo feitas desde o último dia 8

Redação Integrada

Dois suspeitos de envolvimento em um assalto à agência do Banpará de Bonito, município do nordeste paraense, foram mortos em confronto com as Polícias Civil e Militar na noite desta sexta-feira (15). 

A polícia vinha fazendo buscas na região desde o último dia 8, quando a agência bancária foi alvo da ação dos criminosos. Na terça-feira (12), em Ourém, também no nordeste paraense, a Polícia Civil prendeu em flagrante Silvano Oliveira da Silva, outro acusado de envolvimento no assalto.

As buscas pelo bando continuaram ao longo da semana, até que, nesta sexta, parte da quadrilha foi localizada em um esconderijo na zona rural de Bonito. Ao perceberem a aproximação dos policiais, os criminosos tentaram fugir e dois deles foram perseguidos por uma área de mata até a divisa com o município de Nova Esperança do Piriá, onde foram alvejados e acabaram mortos.

Leia mais:

Polícia prende em flagrante um dos acusados de assalto a banco em Bonito

No local onde o grupo estava escondido foram apreendidas uma carabina Magal calibre .30; um fuzil M16 G1 calibre .556; uma arma calibre .12 de coronha estendida; um fuzil plataforma M16 reduzida calibre .556; um fuzil de madeira calibre .762 sem marca ou numeração aparente e uma escopeta calibre .12 de coronha manual.

Além das armas, foram recolhidos cordéis detonantes, espoletas, dois coletes balísticos, roupas camufladas, oito munições de calibre .12, cinco cartuchos de calibre .12 deflagrados, 51 munições de calibre .30, 51 munições para calibre .556, cinco munições 762, um carregador para carabina magal .30 e três carregadores para calibre .556.

As buscas pelos demais envolvidos no assalto prosseguem. Da ação que resultou na morte dos suspeitos participaram policiais da Divisão de Repressão ao Crime Organizado Pará (DRCO), Grupo de Pronto-Emprego (GPE) e Companhia de Operações Especiais (COE).

Polícia