Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Cowboyzinho' é assassinado a tiros na madrugada deste sábado, 28, em Santarém

O corpo do rapaz de 27 anos foi encontrado em cima da mesa de bilhar de um bar, na avenida Barão de São Nicolau

O Liberal

​Alexandre de Sousa Fialho, mais conhecido como “Cowboyzinho”, de 27 anos, foi assassinado a tiros, na madrugada deste sábado (28), na avenida Barão de São Nicolau, próximo da avenida Curuá-Una, em Santarém, região oeste do Estado. ​Ninguém foi preso. ​Com informações do site O Impacto.

Segundo a Polícia Militar, o corpo foi achado por volta de 4h da madrugada, em cima de uma mesa de bilhar de um bar. A vítima apresentava três perfurações pelo corpo, possivelmente provocadas por arma de fogo, segundo a polícia.

De acordo com o delegado Gilvan Almeida, da Polícia Civil, testemunhas teriam visto a vítima andando pela rua. Ao chegar na frente do bar, Alexandre teria deitado sobre a mesa de bilhar. Pouco tempo depois, ainda de acordo com as primeiras informações apuradas pela PCPA, um homem em uma motocicleta escura teria se aproximado e iniciou a sequência de disparos contra Alexandre, que morreu na hora.​ O suspeito fugiu e ainda não foi localizado.​

Alexandre de Sousa tinha vár​​ias passagens pela polícia, incluindo roubo majorado e furto. A Polícia Civil vai investigar o caso, na tentativa de localizar o responsável pelo crime, bem como para esclarecer a dinâmica do crime.

Os depoimentos das testemunhas e as imagens de câmeras de segurança da área serão fundamentais para ajudar a polícia a elucidar o caso. A Polícia Científica do Pará (PCP) esteve no local para analisar a cena do crime e o corpo de Alexandre, que após os procedimentos iniciais, foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), onde é realizado o exame de necropsia.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA