Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Corpo é encontrado com os braços abertos e os pés cruzados, em posição de crucificação

O caso aconteceu na Grande Fortaleza na noite de Sexta-Feira da Paixão pela fé cristã

O Liberal

Um corpo masculino, não identificado, foi abandonado com os braços abertos, os pés cruzados e mãos com ferimentos e com sangue simulando o cabelo de Jesus Cristo. A testa tinha ainda marcas que lembravam uma coroa de espinho. A polícia informou que o corpo era do sexo masculino encontrado em Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza, no bairro de Timbó. Com informações do site O Povo. 

O crime aconteceu no conjunto habitacional Dummar 3, na noite dessa sexta-feira, 15, a Sexta-feira da Paixão para os fiéis católicos. A posição do corpo chamou a atenção por ter características parecidas com as que fizeram com o corpo de Jesus Cristo, segundo a tradição cristã.

O homem tinha ferimentos no corpo inteiro e uma das únicas partes do corpo que estava sem sangue era uma tatuagem de Nossa Senhora.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará informou que a vítima tinha 32 anos de idade, e apresenta perfurações de disparos de arma de fogo.

Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa e da Perícia Forense do Ceará estiveram no local, e buscaram indícios que subsidiem o inquérito policial.

O caso segue sob apuração da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, que é a unidade policial que cobre a região. A imprensa, em Fortaleza, recebeu imagens do cadáver, mas opta por não publicá-la para não expôr a vítima e leitores, diante da violência da cena.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA