Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Corpo com perfurações de arma de fogo é encontrado em ocupação no Aurá

Populares encontraram cadáver de homem a poucos metros da estrada. Vítima não foi identificada pelas autoridades policiais.

O Liberal

O cadáver de um homem não identificado foi encontrado por populares, na manhã desta sexta-feira (22), na Estrada do Aurá, em Ananindeua, região metropolitana de Belém. A vítima, que devia ter aparentemente 20 anos, tinha perfurações por arma de fogo, com um tiro bastante visível embaixo do queixo e um hematoma na região. O jovem vestia apenas uma bermuda jeans e não portava nenhum documento de identificação. Algumas tatuagens na área dos braços e no tórax devem auxiliar no reconhecimento do corpo e na identificação, por parte das autoridades policiais. 

A ocorrência foi atendida inicialmente por agentes da Guarda Municipal, que foram acionados via Centro Integrado de Operações (CIOP), por volta das 9h da manhã. Em seguida, policiais militares e civis também estiveram no local. Peritos do Centro de Perícias Renato Chaves (CPCRC) também seguiram até o local para realizar a perícia no local do crime. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML), pouco depois das 11h30.

O rapaz não era conhecido nas redondezas de onde foi achado morto, atrás do Residencial Torre do Aurá, na ocupação Rosa de Saron. "Fomos acionados via CIOP e viemos porque está dentro da nossa área de patrulhamento. Moradores da área encontraram o corpo dele de manhã, mas ele não é conhecido de ninguém. Ele foi achado quase na beira da estrada, em uma parte de mato baixo", detalhou o subinspetor Ilderclay, comandante da equipe da viatura Ronda Ostensiva Municipal (Romu) 0156, da Guarda Civil de Ananindeua.

Não há pistas do que possa ter ocasionado o homicídio e nem de quantas pessoas estão envolvidas no crime. As investigações sobre o caso devem ser conduzidas pela Polícia Civil.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA