Candidata à prefeitura de Curralinho pelo PT é morta em Belém

Leila Maria dos Santos Arruda disputou o pleito realizado na semana passada e hoje foi assassinada no bairro do Tenoné

Redação Integrada

Leila Maria Santos de Arruda, candidata a prefeita no município de Curralinho pelo Partido dos Trabalhadores nas eleições deste ano, foi morta a facadas no final da tarde desta quinta-feira (19) no bairro do Tenoné, em Belém. O autor do crime é Boaventura Dias, conhecido como "Boa", ex-marido da vítima.

As primeiras informações sobre o feminicídio apontam para o fato do assassino não aceitar a separação, ocorrida há três anos, como motivação para o crime. "Boa" foi detido logo após ter assassinado a ex-esposa e está sendo apresentado na Delegacia de Homicídios, em Belém, onde será ouvido pelo delegado de plantão.

Leila concorreu nas últimas eleições para a prefeitura de Curralinho (Redes Sociais)

A vítima, que tinha 49 anos, deixa dois filhos, um de 24 e outro de 26 anos. 

Em nota, o Partido do Trabalhadores confirmou a morte e lamentou o fato. Leila Arruda tinha 49 anos e foi fundadora e militante do movimento de mulheres empreendedoras da Amazônia (MOEMA), filiou-se ao partido dos trabalhadores em Curralinho aos 20 anos e era formada em pedagogia.

"O PT Pará ressalta sua indignação por este crime brutal que tirou a vida de mais uma mulher no estado e reitera que é inadmissível que as mulheres sejam reféns da violência provocada pelo machismo enraizado na sociedade."

Acompanhe para mais informações.


 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA