Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

VÍDEO: Câmeras de segurança registram ação criminosa dentro de banco em Cametá

Imagens mostram momento em que quadrilha quebra porta da agência e adentra em área dos cofres

Ana Carolina Matos

Câmeras de segurança internas registraram o momento em que homens armados invadiram uma agência do Bando do Brasil no município de Cametá, no nordeste paraense. Nas imagens, que foram divulgadas nesta sexta-feira (4), a quadrilha quebra a porta de entrada do local e consegue adentrar na área onde ficam os cofres.

No vídeo, os integrantes do bando aparecem usando máscaras, chapéus e roupas camufladas. Eles quebram a vidraçaria com uma marreta e entram no local acompanhados de pessoas que não cobriram o rosto - possivelmente reféns.

Em outra gravação, os assaltantes são vistos em uma área do banco onde ficam os cofres com dinheiro. Um deles carrega um maçarico para tentar abrir a estrutura. Apesar da tentativa, nenhuma quantia foi levada, já que os criminosos abriram o cofre errado.

Quatro suspeitos são presos temporariamente

Os quatro suspeitos de envolvimento no assalto a uma agência bancária de Cametá, no nordeste paraense, tiveram a prisão temporária decretada pela Justiça. O pedido feito pela Polícia Civil foi acolhido e deferido pelo poder judiciário na madrugada desta quinta-feira (03), após parecer favorável do Ministério Público Estadual do Pará.

Os homens foram identificados nesta quinta-feira (3), segundo a Polícia Civil. Eles ficarão presos durante 30 dias. 

O crime

Entre a noite desta terça-feira (1º) e a madrugada desta quarta (2), moradores de Cametá, município a 235 quilômetros de Belém, viveram momentos de terror durante uma ação criminosa na cidade. Uma quadrilha com pelo menos 20 integrantes fortemente armados invadiu a cidade com o objetivo de assaltar uma agência do Banco do Brasil no município. Apesar da mega operação que contou com tiroteio, explosivos, terror e carros de luxo dando o suporte para os criminosos, nenhuma quantia foi levada pelos assaltantes.

Refém, Alessandro de Jesus Lopes Moraes morreu na ação criminosa. Outro homem foi baleado e precisou ser internado.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA