#if(!$m.request.preview.inPreviewMode)
CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
#end
logo jornal amazonia

Cachorros carregam parte de corpo de recém-nascido em rua de Tailândia, no Pará

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil e pode se tratar de um infanticídio ou aborto

O Liberal
fonte

Parte do corpo de um bebê recém-nascido foi encontrado abandonado na manhã desta sexta-feira (21) por moradores do conjunto Jardim Primavera, em Tailândia, nordeste paraense. Segundo relatos de populares, o corpo do bebê estava sem cabeça e foi arrastado ao local por cachorros. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil e pode se tratar de um infanticídio ou aborto.

Uma guarnição do Motopatrulhamento da Polícia Militar foi acionada e fez o levantamento das primeiras informações acerca do ocorrido. Segundo a polícia, o corpo seria de uma menina, conforme publicou o site Portal Tailândia. Ainda de acordo com moradores, o corpo teria chegado ao local arrastado por alguns cachorros, que o carregavam na boca. A cena revoltante chocou populares que passavam pela área.

Para o delegado Bruno Henrique, que está à frente das investigações, o caso pode se tratar de um infanticídio ou aborto. “Ao que tudo indica, esse fato não aconteceu aqui. Essas primeiras informações que chegaram para a gente dão conta de que foi um cachorro que trouxe esse corpo para cá. Nós vamos iniciar as investigações para saber se trata-se de um infanticídio ou de um aborto. Vamos saber que idade estava esse bebê, se chegou a nascer com vida. A perícia vai fazer esse trabalho inicial, e nós vamos fazer o trabalho investigativo para chegar em quem fez essa barbaridade”, assegurou o delegado.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que “instaurou inquérito policial e apura a morte de uma criança recém-nascida que teve o corpo encontrado nesta sexta-feira (21), em Tailândia, no nordeste do Pará. Perícias foram requisitadas”. “Qualquer informação sobre o fato pode ser denunciada pelo número 181”, pediu a PC.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA