Bandidos invadem shopping no centro de Belém e fogem com dezenas de celulares

Bando agiu de manhã cedo, antes do shopping abrir. Prejuízo é estimado em R$ 90 mil.

Redação Integrada

Bandidos armados invadiram um shopping center no bairro Batista Campos, em Belém, e fugiram levando dezenas de aparelhos celulares da loja de departamentos C&A, na manhã desta segunda-feira (11).

O bando teve acesso ao depósito da loja pela Travessa São Pedro, rendendo uma funcionária, e fugiu de carro. Ao todo, sete bandidos participaram da ação, que começou por volta de 7 horas. Ninguém ficou ferido.

Segundo informações da Polícia Civil, os bandidos renderam uma funcionária que chegava ao shopping center depois de comprar pão para os colegas, antes de iniciarem a jornada de trabalho.

Na imagens das câmeras de segurança é possível ver os criminosos invadindo o local, onde ameaçaram os funcionários, perguntando a localização dos aparelhos celulares.

Os criminosos tentaram abrir o cofre da loja, porém, como não conseguiram, voltaram as atenções aos aparelhos celulares, que foram guardados em quatro sacolas.

Nas imagens registradas nas câmeras de um estabelecimento atrás do shopping center é possível ver os bandidos fugindo com monitores e demais aparelhos que continham as imagens das câmeras de segurança da loja. O carro usado na fuga estava estacionado próximo ao centro de compras.

PREJUÍZO DE R$ 90 MIL

A Polícia Civil ainda não sabe quantos celulares foram roubados, pois os funcionários da loja ainda contabilizam os prejuízos, que podem chegar a R$ 90 mil.

A ação aparenta ter sido planejada, pois, segundo a Polícia, os bandidos demonstraram ter estudado a rotina da loja, atacando antes do shopping center abrir.

Procurada pela reportagem, a assessoria do shopping center disse que está prestando apoio à loja e à Polícia Civil, mas que não pode se pronunciar sobre o caso, pois toda a estrutura do depósito - como seguranças e demais funcionários - é de responsabilidade da loja.

A reportagem de O Liberal também entrou em contato com a assessoria da C&A, em São Paulo, que disse que a polícia foi imediatamente acionada para conduzir a situação.

"Não houve feridos e a loja opera normalmente", resumiu a nota. "A empresa permanece à disposição para auxiliar as autoridades com as investigações, reforçando o seu cuidado com a segurança de todos que frequentam o local.

O caso segue sob investigação, mas até o final do dia, nenhum suspeito havia sido identificado ou preso.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA