Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Assalto com refém no Guamá: assaltante que usou simulacro se rende à polícia

Rafael Araújo Duarte, de 19 anos, usou um simulacro para fazer duas reféns dentro de uma loja de materiais esportivos na tarde desta quinta-feira (04)

Dilson Pimentel

Após quase uma hora, terminou o assalto com refém que mobilizou cerca de 50 policiais militares no bairro do Guamá, na tarde desta quinta-feira (4), em Belém. Rafael Araújo Duarte, de 19 anos, era o assaltante que usou um simulacro de arma de fogo (arma de brinquedo) para fazer duas reféns dentro de uma loja de materiais esportivos localizada na avenida José Bonifácio. Apesar do susto, ninguém ficou ferido

VEJA MAIS

Assalto com dois reféns no Guamá mobiliza a Polícia Militar
Crime ocorreu na avenida José Bonifácio, em uma loja de produtos esportivos. O assaltante se entregou e os reféns foram liberados.

Assalto com refém: suspeito morre em confronto com a polícia dentro de farmácia em Abaetetuba
Ele foi localizado dentro do almoxarifado da empresa, quando trocou tiros com a polícia e morreu

Dois homens são presos após assalto com refém em Ananindeua
Os suspeitos tinham acabado de assaltar uma casa quando avistaram a viatura da PM e fizeram uma mulher de refém

A ação criminosa começou por volta das 16h, quando Rafael invadiu o estabelecimento e rendeu uma funcionária e uma cliente como reféns. Uma terceira mulher, também funcionária, percebeu a ação e se escondeu dentro da loja. O assaltante não sabia da presença dessa terceira pessoa. Policiais militares do 20º Batalhão foram ao local para negociar a rendição do criminoso e liberação dos reféns.

Assalto com refém no Guamá

 

O trânsito foi interditado no perímetro entre as ruas Silva Castro e Barão de Igarapé Miri. No local, havia várias viaturas também do Corpo de Bombeiros Militar para resgate e atendimento das reféns. As duas reféns estavam sob o poder do assaltante e foram liberadas após quase uma hora de negociação, por volta das 16h50. Neste horário, o criminoso se rendeu e o perímetro começou a ser liberado.

Uma das reféns acabou passando mal, aparentemente com um quadro de desmaio, e foi atendida por agentes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA