Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Assalto com refém em Ananindeua termina com um morto e três presos

Suspeitos estavam em um veículo Fiat Mobi, quando despertaram a atenção das guarnições da Polícia Militar

O Liberal

Um homem morreu e três foram presos no Distrito Industrial, em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém (RMB), numa história que envolveu perseguição policial, duas pessoas reféns e terminou em prisão e morte, na noite desta quarta-feira (11).

Subcomandante do 29 Batalhão da Polícia Militar, o major Lopes informou que passava das 20h, quando policiais militares do 29 Batalhão da Polícia Militar suspeitaram de quatro homens em um carro Fiat Mobi, dentro do conjunto residencial Geraldo Palmeiras, em Ananindeua.

A guarnição se aproximou e quando ia abordar o carro, um dos ocupantes saiu correndo com uma arma em punho. No trajeto, Sílvio Vinícius Figueiredo Nascimento, de 21 anos, fez duas pessoas reféns, atirou contra dois policiais e acabou baleado, morrendo na UPA do Distrito Industrial.

Fuga e reféns

O oficial contou que enquanto Sílvio Vinícius desceu do carro, os outros três ficaram dentro do Fiat Mobi, e logo foram detidos pela PM. "Na fuga, ele fez um rapaz refém, deu uma gravata nele e ainda colocou o revólver na cabeça dele, aí começou a se deslocar e mais à frente, ele largou o homem, e na tentativa de escapar pegou em seguida uma mulher, que também ameaçou com o revólver, após soltou essa moça, saiu correndo e saiu correndo e atirou contra o cabo Figueiredo e mais um policial militar do Batalhão Ambiental, que deu apoio", contou o major Lopes sobre o episódio que terminou na morte de Sílvio.

Dos três homens detidos, dois têm uso de tornozeleira eletrônica e o terceiro homem se diz inocente, ele seria apenas o motorista de aplicativo que conduzia o trio. "A Polícia Civil está investigando tudo o que eles afirmam. Nós encontramos um revólver 38, quatro munições, três aparelhos celulares e tudo foi apreendido junto com o Fiat Mob, para fins de investigação e os procedimentos legais", afirmou o major Lopes, na Seccional Urbana da Cidade Nova, enquanto os homens eram ouvidos em depoimento, já por volta das 22h30, desta quarta-feira (11). Não foram achados drogas nem dinheiro em espécie. 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA