Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Aeronáutica investiga pouso forçado dentro de condomínio em Benfica

Caso teria ocorrido dentro da Marina Jaguari, no município de Benevides

O Liberal

O Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa I) investiga a comunicação de um pouso forçado de um avião, que foi feita na manhã desta sexta-feira (09), dentro de um condomínio em Benfica, distrito de Benevides, na Região Metropolitana de Belém. Informações recebidas pela Aeronáutica dão conta de que o piloto teria se ferido, mas não define a gravidade. A administração local, por outro lado, relatou que o piloto saiu sem ferimentos.

O destino da aeronave e identidade do piloto estão sendo identificadas. Uma foto da aeronave já no chão, aparentemente danificada, circulou nas redes sociais na tarde desta sexta-feira (9). Segundo o sargento Goulart, do Seripa I, foi a partir dessas publicações que o órgão recebeu a informação do acidente e vai analisar o fato.

VEJA MAIS

Homem que ameaçou derrubar avião roubado sobre loja não tinha licença; vídeo
Piloto foi detido e acusado de furto e ameaças terroristas

Avião que saiu de Fortaleza para Belém colide com ave e assusta passageiros
Por causa do incidente, a aeronave precisou retornar ao aeroporto de origem. Passageiros foram reacomodados em outros voos da Azul Linhas Aéreas

Avião bimotor faz pouso forçado durante voo de teste
A parte dianteira do avião e os vidros da cabine ficaram destruídos. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Em nota, a administração do condomínio informou que na Marina Jaguari não há pista de pouso, e que a mesma estaria localizada no terreno vizinho. Também, de acordo com a nota, não houve acidente sério, apenas um ultraleve saiu da pista e danificou o trem de pouso, mas o piloto saiu ileso. A equipe de segurança do Jaguari teria passado no local apenas para "verificar se havia necessidade de algum apoio".

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA