Acusado de estuprar e matar enteada de 14 anos é preso no sudoeste do Pará

Corpo de menina foi encontrado em um matagal

Redação Integrada


Marcos Bento dos Santos, de 22 anos, principal suspeito de estuprar e matar a enteada de 14 anos no início deste mês, foi preso pela Polícia Militar do município de Uruará, no sudoeste paraense, após uma denúncia anônima informando sobre o esconderijo dele. O suspeito foi localizado no início da manhã da última terça-feira (8), por volta de 8h, em uma residência abandonada. 

O crime aconteceu na cidade de Medicilândia, também no sudoeste do Estado, no dia 2 de outubro deste ano. Após a prisão, o acusado confessou que matou a adolescente Keite Lorrany dos Santos Silva, sua enteada, estrangulada. O corpo da menina foi encontrado em um matagal situado às proximidades da avenida Gedeon, no bairro Vila Nova, perto da casa onde o criminoso e a adolescente moravam. 

Marcos alegou, na instituição policial, que estava sob efeito de bebida alcoólica no momento do crime. Ele se disse ainda estar arrependido e afirmou que irá se matar na cadeia. Ao ser questionado pelas autoridades policiais sobre o estupro da menina, Marcos disse que não iria comentar pois era "um fato muito pesado".

No momento da prisão dele, moradores do Medicilândia interditaram diversas vias do município cobrando justiça.

O acusado foi levado para Delegacia de Polícia Civil de Uruará para os procedimentos administrativo e posteriormente encaminhado para o Centro de Recuperação Regional de Altamira (CRRALT). 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!