Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Abuso Sexual em Belém: Polícia Civil prende três estupradores em 24 horas

Dois dos acusados atuavam como motorista e cobrador de uma linha de ônibus interestadual

O Liberal

Três homens foram presos por crimes de violência sexual, em Belém, num período de 24 horas. A Polícia Civil cumpriu mandados de prisão preventiva que foram expedidos contra eles. Dois deles atuavam como motorista e cobrador de uma linha de ônibus interestadual. Todos já estão à disposição da Justiça e custodiados pelo sistema penal paraense.

A primeira prisão ocorreu na última terça-feira (13), no bairro do Tenoné. Um homem de 32 anos é apontado nas investigações como o autor de abuso sexual contra uma mulher, após uma festa realizada em junho passado. Ele teria levado a vítima, em estado de total vulnerabilidade, para um veículo onde a estuprou.

VEJA MAIS

Psicólogo suspeito de abusar de adolescente durante terapia é preso
A vítima, uma adolescente de 15 anos, compareceu ao departamento de polícia acompanhada da mãe

Menina de 12 anos é estuprada após ser deixada por madrasta em 'boca de fumo' para quitar dívida
Criança teria sido levado pela madrasta e buscada pelo pai horas depois. Três adolescentes de 15, 16 e 17 anos são suspeitos de cometer o crime.

IFPA investiga suposto caso de assédio sexual no campus Belém
O assunto ganhou visibilidade na manhã desta quarta, quando alunos da instituição realizaram um ato na Avenida Almirante Barroso, na capital paraense

Outros dois mandados foram cumpridos na tarde desta quarta-feira (14). O motorista e cobrador de uma linha de ônibus interestadual, em fevereiro deste ano, foram acusados de estuprar uma mulher. A vítima teria sido levada pelos dois para a cabine do ônibus, onde foi violentada. Após perícias de comparação de material e perfil genético, ficou comprovado o envolvimento dos dois acusados. 

Os três presos foram encaminhados à Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis da Polícia Civil do Pará, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam). Após os procedimentos necessários, foram levados para a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). 

A Polícia Civil reforça que qualquer tipo de violência contra a mulher pode ser denunciada pela população por meio do 190, do Ciop; pelo canal Disque-Denúncia, número 181, e pelo aplicativo WhatsApp da Iara, número 91 98115-9181. As denúncias também podem ser feitas em qualquer unidade policial, além das delegacias especializadas de atendimento à mulher. Em Belém, a Deam fica localizada na Travessa Mauriti, número 2393, no bairro do Marco

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA